sexta-feira, 17 de fevereiro de 2012

O mundo secreto dos Papas

O livro não corresponde ao título em profundidade, mas pincela curiosidades sobre o papado, expondo o lado político, social destes, tanto fatos engraçados como significativos e tensos na história. Para os católicos é um bom compêndio para entender o processo de escolha papal, o funcionamento do vaticano e suas mazelas. O livro não foge aos temas sobre a morte de João Paulo I, muito bem retratada no livro Em nome de Deus de David Yallop, sobre a falência do Banco Ambrosiano, suas relações com a máfia e a causa da morte do papa sorriso,. Também não deixa de fora o silêncio de Leonardo Boff, imposto pelo prefeito da congregação para a doutrina da Fé, cardeal Joseph Raintzenger, hoje Bento XVI, e a crise na teologia. No entanto é como digo, o livro é breve em seus textos, mas não foge a responsabilidade de mostrar os papéis dos papas e da Igreja Católica.

terça-feira, 10 de janeiro de 2012

Guia politicamente incorreto

O livro de Leandro Narlock é uma dessas pérolas que surgem para nos intrigar, fazer rir e pensar. Intrigar porque mexe em fundamentos que nos orgulham em ser brasileiros. Santos Dumont é destronado, os negros e índios passam a ter um elemento crucial na sua história, deixam de ser bons selvagens e passam a ser homens de seu tempo, traficando e escravizando quando libertos ou bem pagos.
Rir porque realmente o que se escreve nesse livro nos faz rir de nós mesmos e das obviedades que ululam em nossa frente, mas não podemos ver. O capítulo que fala sobre as grandes bobagens de nossos autores é muito engraçado.
Pensar porque, mesmo não sendo historiador, fica sempre a dúvida: será que as fontes usadas no livro são realmente fidedignas ou o autor pescou um parágrafo aqui outro ali e foi montando sua versão?